Post Live Streaming

16 visualizações

Às vezes, ao navegar pela Internet, você pode encontrar um vídeo ao vivo da abertura de um grande evento ou um lançamento de um novo produto que atrai milhares de visualizações. Particularmente para aqueles que estão a frente de um negócio é cada vez mais essencial fazer transmissões ao vivo na Internet. Esta é uma das maneiras mais rápidas de divulgar suas informações, notícias ou produtos para alcançar uma ampla gama de públicos em tempo real. No entanto, muitas pessoas não sabem como começar a ter um live streaming de vídeo. Portanto, hoje, vamos mostrar um tutorial passo a passo para fazer uma transmissão de eventos ao vivo na plataforma EiTV CLOUD. Temos certeza que, após este post, você poderá criar seu próprio live streaming na Internet. Vamos começar!


Passo 1 - Captura

O primeiro passo para fazer um live streaming do seu evento é fazer a captura, ou seja, a gravação do evento. Para isso você precisará de uma câmera que pode ser desde a câmera do seu smartphone ou tablet, até uma câmera profissional que filme em Full HD.

Caso você faça opção pela utilização da câmera do seu smartphone ou tablet, você necessitará de um aplicativo para fazer a captura e a transmissão do fluxo de vídeo para os servidores de streaming da plataforma EiTV CLOUD. Alguns aplicativos compatíveis disponíveis para iOS e Android são: Wirecast Go e Broadcast Me.

Para garantir uma melhor qualidade da imagem da sua transmissão, sugerimos o uso de uma câmera profissional que filme em Full HD e possua saída HDMI ou SDI. Não se esqueça também de ficar atento à detalhes como a iluminação do local – seja artificial ou natural – e a captação do áudio.

Caso você escolha transmitir ao vivo utilizando mais de uma câmera, será necessária uma mesa de corte. Este equipamento também conhecido como switcher ou mixer de vídeo é usado para selecionar a tomada ou câmera onde será realizada a transmissão ao vivo. Ações como cortes secos, efeitos especiais e corte de áudio são gerenciadas através da mesa de corte, oferecendo alternativas diversas caso o live streaming seja realizado por diferentes fontes de captura.

É importante que sua mesa de corte possua uma saída HDMI ou SDI para ser conectada ao encoder que fará a preparação do vídeo para ser transmitido ao vivo pela Internet. Quando a imagem é capturada ela gera o sinal num formato bruto. Para que o som e a imagem consigam chegar até o seu público alvo é preciso realizar o encoding, ou seja, transformar o formato para um que seja próprio para a Web. Está é a função do encoder.


Passo 2 – Encoding

Agora que está tudo pronto para o evento ser gravado é preciso que o vídeo seja preparado para ser transmitido ao vivo pela Internet. Para isso é necessário um encoder com capacidade de receber a saída da câmera via conexão HDMI ou SDI, fazer a codificação do vídeo em H.264 e do áudio em AAC, e que transmita o fluxo de áudio e vídeo codificados via empacotamento RTMP ou MPEG-TS (UDP) para os servidores de streaming da plataforma EiTV CLOUD.

Como se trata de transmissão ao vivo na Web, a Internet é a parte vital para que o evento seja transmitido em tempo real com qualidade. O fluxo que sai do encoder tem de ser enviado via Internet para os servidores de streaming da plataforma EiTV CLOUD que irão cuidar da distribuição do vídeo capturado para o público alvo do evento.

Apesar de ser possível fazer uma transmissão ao vivo até com a Internet 3G, este tipo de conexão está sujeita a instabilidades, que podem causar impactos na sua transmissão, como interrupção ou travamento do áudio ou do vídeo, deixando de transmitir algum momento importante do evento. Devido a isso, para garantir estabilidade do live streaming o mais indicado é disponibilizar uma conexão de 2MB de uplink dedicado e exclusivo para o upload do fluxo que sai do encoder.


Passo 3 – Distribuição

Para que a transmissão ao vivo se complete é preciso que o fluxo já encodado seja transmitido na Internet, ou seja, que os servidores de streaming da plataforma EiTV CLOUD realizem a distribuição do conteúdo. Ao criar um evento ao vivo na plataforma EiTV CLOUD, uma URL é gerada pela plataforma com as informações para conexão do encoder aos servidores de streaming. Estas informações podem ser consultadas na página “Editar evento” cerca de 30 minutos antes do horário previsto para início do mesmo. Basta aplicar estas configurações no encoder e, quando chegar a hora de início do evento, iniciar a transmissão.

É muito importante ficar atento às restrições de Firewall, já que elas podem impedir a conexão do encoder com os servidores de streaming da EiTV CLOUD. Caso o encoder esteja plugado em uma rede com este tipo de proteção é preciso liberar as configurações do Firewall para a porta e URL disponibilizadas pela plataforma EiTV CLOUD.

Uma vez iniciada a transmissão do evento o mesmo será exibido no portal da sua instância na plataforma EiTV CLOUD e você também poderá colocar o embed do vídeo do evento em outras páginas da Web onde serão realizadas a transmissão, por exemplo, no seu site, em um hotsite específico ou até mesmo na Fan Page do evento no Facebook.

Também é possível acessar o vídeo do evento a partir de Apps específicas para Android, iOS e HTML5, de modo que seu evento seja assistido a partir de PCs, smarphones, tablets, smart TVs e OTT boxes.

A EiTV CLOUD disponibiliza também relatórios de acesso para que você possa acompanhar como o evento foi consumido e medir o engajamento da sua audiência.



Escolher uma plataforma sólida e uma tecnologia robusta pode fazer a diferença entre seu evento ser um sucesso ou virar um meme na Internet. A EiTV CLOUD conta com a melhor tecnologia e infraestrutura para fazer com que seu evento seja transmitido com qualidade. Seguindo este passos certamente você terá uma transmissão ao vivo de sucesso!


#LiveStreaming

Categorias: tecnologia , educação